O trio de ouro vitamínico – Vitaminas A, D e K

As vitaminas do tipo A, D e K compreendem o trio de ouro vitamínico necessário para uma dieta equilibrada. Apesar de ser subestimada a sua importância, a combinação dessas três vitaminas podem trazer benefícios incríveis para o ser humano a curto prazo, inclusive.

Classificadas entre as lipossolúveis para o organismo, essas três vitaminas são solúveis apenas em lipídios e insolúveis em água. Portanto, para que sejam absorvidas, é necessária a presença de gordura, além da bile e do suco pancreático. Após o processo de absorção pelo organismo, essas vitaminas são transportadas através do sistema linfático até os tecidos onde serão mantidas armazenadas.

Vitaminas A D e K O trio de ouro vitamínico   Vitaminas A, D e K

Benefícios da Vitamina A

Entre as principais associações que podem ser feitas para essa vitamina está à qualidade de visão. Ela tem total efeito sobre esse sentido. Sua deficiência está totalmente ligada à percepção de visão e às dificuldades de visão durante o período da noite. Além disso, ela também regula importantes funções no organismo, tal como a síntese de proteínas e a reprodução das células em tecidos renováveis.

Vitamina D: qual sua importância?

Mais especificamente se tratando da Vitamina D3 (colecalcifenol), ela tem por função ser notoriamente eficaz na sua ação anticâncer e também na formação proteica de novos hormônios para a produção de neurônios mais saudáveis (neurogênese).

Vitamina K e as variantes

Tratando-se da Vitamina K2, ela possui algumas variações importantes para conhecimento e estudo da comunidade científica. Essas variantes da K2 possuem como principal função a realização de funções hormonais importantes para a regulamentação da proteína GLA, uma proteína indispensável para a criação de novas células na matriz óssea.

A combinação do trio

Através destas três, é possível combater doenças conhecidas do nosso dia a dia e que preocupam muito cada família, tal como a diabetes, o Alzheimer, a arterioesclerose e o Parkinson, além, é claro, de alguns tipos de câncer.

As três estão muito ligadas, pois não adianta suplementar de Vitamina D3 o organismo, se o mesmo não possui a Vitamina K2 para direcionar exatamente para onde o cálcio deve ir. Ou seja, só num caso rápido e comum é possível perceber a importância de incluir esse trio de ouro na dieta para que a qualidade de vida suba, e o aproveitamento da mesma se intensifique.

Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento

O Whey Protein é algo muito comum entre fanáticos por academia ou não. Todos conhecem. Como diz o jargão: “está na boca do povo” – e nas shaikeiras dos marombeiros. O whey protein se notabilizou por ser o suplemento mais conhecido por seu alto valor proteico que auxiliaria a recompor os tecidos “feridos” durante a musculação, sendo um auxílio para aqueles que desejam ganhar massa muscular e, no futuro, uma definição muscular.

Cotações Whey Protein

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Netshoes Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
natue Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
Walmart Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
centauro Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
ricardo eletro Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
extra logo Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
casas bahia logo Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
Kanui1 Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
insinuante logo Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Consultar Preço
citylar logo Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento

O Whey protein é a proteína do soro de leite das empresas de laticínios. Segundo contam pesquisadores da área, essa riquíssima proteína era descartada no esgoto por “não haver destino na indústria de alimentos para tal”. Até que alguém decidiu desidratá-la, enriquecer com alguns elementos (variam de acordo com a fórmula) e comercializar, sendo, segundo alguns cientistas, um suplemento não só para os fortões, mas também para qualquer pessoa que possua uma defasagem na absorção da quantidade necessária de proteínas diárias.

Então, é eficaz?

Depende muito. Nutricionistas defendem seu alto valor proteico nas dietas. Seu riquíssimo valor energético e as propriedades benéficas para o organismo também são destacados. Entretanto, o alerta é sempre feito: verificar na embalagem como é feito o processo da fabricação do Whey pelo laboratório, que elementos contêm na fórmula e o que são tais elementos (alguns, por vezes, possuem adição de farinha para criar volume). Por isso, nutricionistas apontam que o Whey é, sim, eficaz por reunir diversas proteínas de alto valor biológico e que auxiliam o corpo do atleta de musculação por acelerar a recuperação dos grupos musculares.
Whey Protein Isolate WPI Whey protein é eficaz? Descubra como funciona o suplemento
Entretanto sempre haverá quem discorda. Em pesquisa divulgada pela emissora BBC num programa do canal, contando com a participação de 24 voluntários de idades variadas (20 a 67 anos). Durante oito semanas as pessoas realizaram exercícios de levantamento de peso para medir se existiam reais ganhos de músculos. Para estudar a eficácia do suplemento, metade dos voluntários ingeria Whey protein e a outra metade ingeria um placebo – nem produtores e nem voluntários sabiam quem ingeria qual. Após oitos semanas de treino comum para todos, ingestão de proteínas e a garantia do programa de que todos os voluntários ingeriam diariamente pelo menos 70g de proteína, o resultado foi totalmente negativo para o suplemento, não havendo qualquer alteração no ganho de massa ou diferença significativa no ganho de força entre os voluntários.

Assim, fica para a conta do leitor. Já tomou Whey Protein? Confia em nutricionistas ou na pesquisa do programa da BBC? O Whey Protein realmente funciona? Deixa sua opinião para nós.

Mastigação e Emagrecimento

Quando o assunto é perder peso, não existe segredo e, muito menos, milagre. Vemos frequentemente em revistas femininas de moda ou em sites voltados ao bem-estar e à estética do corpo, matérias com os “dez segredos das famosas para perder peso”, ou com dietas milagrosas que prometem aos leitores a possibilitar a perda de 10 kg em uma semana. Para emagrecer não existem atalhos, pois não basta diminuir os números na balança, e sim perder peso com saúde.

Emagrecedores

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Netshoes Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
casas bahia logo Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
Walmart Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
centauro Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
ricardo eletro Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
extra logo Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
natue Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
Kanui1 Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
insinuante logo Mastigação e Emagrecimento
Consultar Preço
citylar logo Mastigação e Emagrecimento

Estas formas de emagrecer que aparentam ser rápidas e fáceis podem até funcionar em curto prazo, mas o número de casos onde as pessoas recuperam o peso perdido, às vezes até em dobro, é frequente.

Detalhes

Portanto, a “fórmula secreta” que poderia te ajudar a conquistar o corpo tão desejado pode se voltar contra o seu objetivo. Isto acontece, normalmente, em dietas restritivas e de baixa caloria. Depois de atingir os resultados desejados, as pessoas costumam não aguentar se manter em uma dieta rígida e retomar os hábitos alimentares anteriores.

Então, se o objetivo é emagrecer, ter corpo e mente saudáveis e manter estes resultados por um longo período de tempo, nenhuma fórmula é melhor do que a combinação entre alimentação saudável , exercícios e paciência, que todos conhecem, mas nem sempre levam em consideração.
mastigacao e emagrecimento Mastigação e Emagrecimento

Silêncio e perda de peso

Diferente do que algumas pessoas pensam, para emagrecer é preciso comer. Sim, comer. Mas, em quantidades adequadas. E comer devagar, levando o tempo necessário para mastigar cada porção. Aliás, ouvir a mastigação é um exercício que ajuda na perda de peso. Os resultados de um estudo publicado pela revista americana Times, revelam que ouvir o barulho que a comida faz no ato da mastigação pode ajudar a comer menos, pois a pessoa começará a prestar atenção na alimentação.

Ao ouvir a mastigação, damos mais atenção ao ato da alimentação e assim, monitoramos as quantidades daquilo que estamos comendo. Quando realizamos as refeições ouvindo música, assistindo televisão, ou distraídos com uma conversa, o consumo pode aumentar, mesmo que sejam poucas quantidades a mais. Entretanto, ao final do mês este excesso fará diferença nas roupas e na balança.

Portanto, procure se alimentar sentado à mesa, sem barulhos e sons que possam causar a distração, mastigando lentamente a cada mordida, assim, se sentirá satisfeito com uma quantidade menor e estará menos propenso a comer mais do que precisa.

Tratamento capilar: Quanto tempo dura?

Tratamento capilar: quanto tempo dura?

Um bom tratamento capilar deve levar em conta inúmeros fatores, como um diagnóstico certeiro do problema em questão, há quanto tempo o paciente apresenta sintomas, a gravidade do quadro, o estilo de vida do paciente e também a disciplina que o mesmo tem ao usar a medicação correta indicada por médicos especialistas. Entretanto, em média, a duração de um tratamento capilar é de três meses, o tempo que o ciclo capilar leva para se renovar, pois nenhum tratamento age na chamada fase telógena, a fase de queda dos cabelos que dura, em média, três meses.

É comum que a publicidade de alguns produtos capilares diga a seus consumidores que a recuperação capilar leva de uma a três semanas, mas isso acontece quando o ciclo capilar já está em renovação espontânea sem nenhum tratamento. Existem diferentes tratamentos para diferentes tipos de problemas capilares.

Tratamento de Beleza

Cotação
Varejista
Consultar Preço
sephora Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
sepha Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
epoca cosmeticos Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
Walmart Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
Dafiti1 Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
extra logo Tratamento capilar: Quanto tempo dura?
Consultar Preço
casas bahia logo Tratamento capilar: Quanto tempo dura?

Crônico e progressivo

Quando o problema capilar é crônico e progressivo, como, por exemplo, a calvície, o paciente apresenta sintomas de alopecia androgenética. O objetivo do tratamento para esta doença não é a cura, e sim estabilizar ou até mesmo retardar ao máximo o problema. Após alguns meses de tratamento completo é perceptível a melhora e também aumento na quantidade e na espessura dos fios.

Agudos

Existem casos chamados de eflúvio telógeno agudo cujas características são perdas de cabelo em excesso e em poucas semanas, de maneira intensa, que leva o paciente a acreditar que pode ficar careca. Abuso de drogas, estresse e consumo de medicamentos quimioterápicos são algumas das causas. Nestes casos o tratamento é a retirada dessas substâncias do organismo, o chamado fator casual. Após o início do tratamento, o tempo médio para melhora é também de três meses, sendo que o cabelo cresce, em média, de 8 a 12 centímetros por mês.

Crônico persistente, recorrente e curativo

Quando a queda de cabelo acontece por meses seguidos, mas com variantes de intensidade, são casos chamados de eflúvio telógeno crônico, que, muitas vezes, é mais difícil um diagnóstico específico, pois existem inúmeras causas, como metabólicas, nutricionais, hormonais, medicamentosas, entre outras, que causam excesso na perda de cabelos. Por isso é importante consultar com um tricologista experiente e identificar o problema o quando antes, pois assim, o tratamento, que é específico para cada caso, pode ser iniciado o quanto antes. A automedicação pode apresentar reparo num primeiro momento, mas pode causar danos futuros.
crescer cabelo Tratamento capilar: Quanto tempo dura?

Crônico persistente ou recorrente

Geralmente, a dermatite apresenta uma melhora de 15 a 30 dias, mas se houve queda em excesso, a melhora também pode chegar a três meses. Não há uma cura definitiva para esse problema, mas tem como controlar os sintomas e o tratamento visa diminuir a frequência e gravidade do problema.

Cura espontânea

A alopecia areata é a doença capilar que mais possui variedade de tempo em relação ao tratamento, pois, quase sempre, apresenta cura espontânea sem nenhum tratamento e são raras as vezes que, por meio de medicação sistêmica, apresentem um resultado completo por meio de tratamento medicamentoso.

Crônico

A lesão das células-tronco do folículo piloso resulta numa doença capilar chamada alopecias cicatricias, que apresenta um quadro irreversível ao tratamento, cujo objetivo é apenas estabilizar a evolução da doença. Qualquer suspeita sobre doenças capilares é importante que um médico especialista seja procurado o quanto antes, pois começar o tratamento na fase inicial dessa ou de qualquer outra tende a ser mais promissor.