Águas Termais Para Hidratar a Sua Pele | Comprar a Preço Barato

Águas Termais Para Hidratar a Sua Pele

Águas Termais Para Hidratar a Sua Pele   Categoria: cuidados pessoais

Muita gente já deve ter ouvido falar das águas termais, um produto que vem revolucionando a vida das mulheres quando o assunto é pele bonita e saudável. Vejamos então o que elas têm de tão especial.
As águas termais são águas oriundas de lençóis freáticos subterrâneos que passam por rochas, retirando assim os minerais das pedras e tornando-se um composto tão rico em nutrientes que começou a ser comercializado. Alguns dos nutrientes que encontramos nas águas termais são: selênio, zinco, cálcio e magnésio, todos essenciais para a saúde da nossa pele.
Na indústria de cosméticos, encontramos as águas termais em forma de spray ou em cremes, os quais variam muito de preço, mas proporcionam um verdadeiro milagre de rejuvenescimento na sua pele.

Primeiramente, as águas termais evitam o ressecamento da sua pele, por isso, use e abuse delas tanto no verão quanto no inverno. No verão você pode deixar o seu frasco de águas termais na geladeira, para que a sensação de frescor seja maior quando aplicar.

As águas termais são ideais para amenizar o ardor de peles queimadas do sol e assaduras de bebês, não havendo qualquer tipo de contraindicação para uso delas, pois peles sensíveis são as mais beneficiadas por esse milagre da natureza.

Com ação calmante, anti-inflamatória, suavizante, antioxidante, cicatrizante e hidratante, as águas termais são muito utilizadas para tratar a pele após uma depilação, seja a laser ou não. A irritação da pele logo desaparece e a sensação de frescor toma conta de você, pois você sentirá a sua pele muito mais macia e suave.

Um verdadeiro milagre da natureza que traz benefícios sem igual para o seu bem estar, as águas termais promovem a renovação celular, dando um aspecto mais jovem e vistoso para a sua pele, que merece esse carinho todo especial porque também é faz parte da natureza.

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Avalie)
Revisado por Evelim Wroblewski Sem comentários »

Deixe seu comentário

*