Alimentos Que Podem Fazer Mal

Sentir fome entre as refeições é normal, mas é preciso ingerir alimentos saudáveis e pouco calóricos para conseguir manter ou conquistar o corpo que tanto desejamos. Mas o que não sabemos é que muito dos alimentos que conhecemos como saudáveis, são, na verdade, o oposto do que acreditamos e podem fazer mal para nosso corpo e organismo.

Essa lista inclui alimentos variados que vão de bebidas energéticas até a famosa gelatina, mas a verdade é que a quantidade de sódio e carboidratos desses alimentos podem ser o verdadeiro vilão do corpo perfeito e ainda pode provocar um processo inflamatório em seu organismo.
barrinha de chocolate
1 – Barrinhas de cereal: Elas são as principais fontes de snacks ditos saudáveis, e não é incomum encontrar as barrinhas nas bolsas e marmitas mais saudáveis. Mas a verdade é que alguns exemplos de barrinhas são ricos em gordura saturada, além de altos índices de açúcar em sua composição. As barrinhas que tem camada de chocolate também não são as mais indicadas para o consumo. Caso faça o consumo, consulte as especificações nutricionais do produto.

2 – Bebidas esportivas como energéticos e isotônicos podem parecer saudáveis em um primeiro momento, mas podem fazer muito mal a sua saúde, porque a quantidade de açúcar existente em uma bebida energética é muito maior do que imaginamos. Além disso, no caso dos isotônicos, a quantidade de minerais e sódio é específica para atletas que praticam exercícios intensos durante muito tempo.

3 – Gelatina: Ao contrário do que todo mundo pensa, a gelatina não é um alimento super saudável, porque, nem sempre, as pessoas ficam de olho nas embalagens de seus produtos. As versões diet são específicas para os diabéticos e se consumidas por pessoas que não tem a doença podem causar uma inflamação no organismo devido aos seus adoçantes. Além disso, esses alimentos são ricos em corantes e conservantes que podem fazer muito mal a saúde.

4 – Azeite: Nós sabemos que ele é um ótimo substituto para o óleo de soja, mas se engana que por ser melhor que o óleo ele pode ser consumido sem moderação. Apesar de ser rico em gorduras boas o azeite é altamente calórico e, por isso, deve ser usado com parcimônia. Além disso, ao esquentar o azeite você perde suas principais características, por isso o ideal é que você use o alimento cru e em doses pequenas.