Anemia: Prejuízos e Causas Para o Atleta

Uma das doenças sanguíneas mais comuns é a anemia, mas você sabe exatamente em que ela consiste? Basicamente, a anemia se caracteriza pela queda na taxa de hemoglobina, uma proteína presente na corrente sanguínea. Isso ocorre principalmente pela deficiência de alguma substância no organismo, geralmente o ferro, mas também pode ser a falta do zinco ou de alguns tipos de proteínas. Além disso, certos tipos da doença estão diretamente relacionados a condições genéticas.

Hemoglobina

A hemoglobina auxilia no transporte de gás oxigênio para os órgãos e sistemas do corpo, por isso, sua falta pode ser perigosa. Alguns dos sintomas que indicam a presença de anemia são: o cansaço excessivo, falta de apetite e de disposição para executar tarefas simples do cotidiano.

A anemia é uma doença que pode prejudicar muito os atletas, e você sabe o motivo disso? A lógica é muito simples: durante a execução de qualquer tipo de atividade física, todas as partes do corpo precisam receber muito mais oxigênio do que quando se está parado, pois, dessa forma, o indivíduo estará apto para correr, saltar, levantar e movimentar cargas de peso.

Já foi mencionado que a anemia se caracteriza pela falta da proteína hemoglobina, um dos responsáveis pela distribuição de oxigênio pelo organismo. Desta forma, uma pessoa que esteja com a doença terá problemas de oxigenação no corpo e, assim, seu rendimento nas atividades físicas cairá de forma significativa. Além disso, como um dos sinais da anemia é o cansaço físico, os atletas anêmicos se sentirão fisicamente esgotados, o que também poderá ser muito prejudicial.

Praticantes de Atividades Físicas

Quem pratica atividades físicas regularmente também pode se enquadrar em uma situação denominada “pseudo-anemia”, isso significa que estas pessoas acabam tendo uma quantidade maior de plasma sanguíneo (é a parte líquida do sangue) para a mesma quantidade de hemoglobina. No entanto, neste caso, o desempenho esportivo não será prejudicado, pois é uma condição normal dos atletas.

A melhor maneira de saber se o indivíduo está realmente com anemia é fazendo exames laboratoriais baseados na coleta de sangue, que poderão precisar qual é a taxa de hemoglobina presente, indicando se é a adequada. Uma vez diagnosticada a anemia, será necessário tratar o problema, tanto ingerindo ferro proveniente de vegetais, quanto de animais (que tem um aproveitamento ainda melhor pelo nosso organismo). Por isso, recomenda-se a ingestão de carnes vermelhas, principalmente as partes como o fígado, rim e coração de animais.

Tratamentos

Além disso, para efetuar um tratamento que combata ainda mais intensamente a anemia, já existem leites enriquecidos com o ferro, disponíveis para venda. O ferro de origem vegetal é aquele proveniente de folhas verde-escuras (como a rúcula), leguminosas como o feijão e a ervilha e grãos como nozes e castanhas. A anemia pode ser uma doença perigosa e capaz de trazer várias complicações. Por esse motivo, recomenda-se que os exames sejam feitos periodicamente, para que a doença seja identificada no princípio se for o caso, principalmente se você é atleta.

Também é possível prevenir, adicionando à dieta os alimentos ricos em ferro e outras vitaminas importantes.