Saiba Mais Sobre a Síndrome do Pânico

A síndrome do pânico é um problema que assola mulheres, homens, crianças, adultos e idosos. Não escolhe raça, muito menos cor. Além de ser angustiante, é muito frequente no mundo todo, uma vez que as pessoas estão procurando cada vez mais ajuda e auxílio para problemas psíquicos.

A doença consta de mal-estar por razões desconhecidas, em lugares determinados. Estes sintomas acontecem por uma disfunção do cérebro, que acaba identificando erroneamente o momento como uma ameaça.

Em épocas primitivas, o sistema de defesa do homem foi preparado para avisar os perigos. Hoje, quem sofre de síndrome do pânico acaba tendo este sinal de alerta em situações comuns, como sair de casa, frequentar lugares cheios, falar em público e diversas outras localidades.

Existem remédios que fazem o controle dos sintomas. O ideal é que a pessoa procure uma ajuda de um profissional psiquiatra, para que a medicação seja a correta. Além disso, as pessoas que sofrem deste mal devem diminuir a taxa de cafeína no dia-a-dia, principalmente diminuindo café, refrigerante e derivados.

Não tenha medo de procurar ajuda. A melhor forma de cura é a informação e a busca pela mesma.

Fibromialgia: Novas Formas de Amenizar o Problema

A fibromialgia é um problema crônico que deve ser tratado, e em muitas oportunidades as pessoas não possuem informações sobre este mal. Pode atacar o corpo todo, e não somente em dores musculares, mas pode comprometer o rendimento cerebral nas atividades do dia-a-dia. Saiba um pouco mais sobre este problema, e quais as novas formas de tratamento.

A difusão da dor se dá pela sua característica musculoesquelética, e por isso a fibromialgia é considerada dor crônica. Pode alcançar até dezoito pontos de ataque da dor, mas para que a doença esteja presente, bastam onze pontos evidentes.

Dentre os sintomas mais evidentes estão o cansaço, o excesso de sono, a depressão, dores difusas e crônicas, dores de cabeça, pés dormentes, dores no abdômen e ansiedade. Por mais que os sintomas sejam conhecidos, suas causas ainda não são comprovadas pela medicina.

O tratamento deve ser feito por analgésico, acompanhado de terapias e fisioterapias. Hoje em dia existem diversas formas alternativas para tratar o problema. Existem analgésicos potentes que reduzem consideravelmente as dores. Procure o auxílio de um profissional, e faça os exames regularmente.

fibromialgia 219x300 Fibromialgia: Novas Formas de Amenizar o Problema

Cálculo Renal: Um Problema e Tanto

Quem já sofreu com dores de cálculo renal sabe que este problema é intenso. Considerada uma das piores dores existentes em enfermidades, o cálculo renal surge do acúmulo de cálcio no rim. As dores são conseqüência de seus movimentos no órgão. Vamos falar um pouco mais sobre este problema, dando algumas dicas para amenizá-lo.

Cálculo renal é um cristal formado por cálcio, ou outra substância, presente no rim. Seu movimento faz com que a pessoa sinta muita dor, mas é válido para que a pedra possa ser expelida. Muito semelhante a um minúsculo cascalho de rua, este cálculo costuma ser eliminado pela urina.

Por isso, o importante para quem sofre deste mal é tomar – no mínimo – dois litros de água por dia. O rim deve ficar sempre em utilização, para limpar as impurezas.

É fundamental que você procure ajuda médica quando sentir dores. Existem diversos tipos de formação de cálculos, e uma nefrologista poderá avaliar as causas deste surgimento.

Geralmente alimentos derivados do leite, ou então líquidos gaseificados, devem ser evitados, pois propiciam os cálculos.

Infarto: Um Problema Que Pode Ser Evitado

O infarto é um problema muito comum em adultos e idosos, que está associado a uma má condução de ritmo de vida, ou outros problemas secundários. Existem formas de prevenir este mal, e é sobre estas considerações que vamos abordar no texto de hoje. Saiba como prolongar sua vida com muita saúde e vigor físico.

O infarto é procedente de uma necrose que acontece em certa altura do músculo do coração, propiciada pela falta de irrigação de sangue. Com isso, os nutrientes – e o oxigênio – não alimentam o coração, e existem várias maneiras de acontecer este problema.

O cigarro, a obesidade, o colesterol alto e a pressão alta podem ocasionar a obstrução da artéria por placas de gordura. Com isso, acaba ocorrendo o entupimento geral, sendo muito nocivo ao coração.

Para quem sofre de estresse, o entupimento por coágulo pode ocorrer, principalmente quando associado por um histórico familiar prévio.

O consumo de drogas favorece o entupimento brusco, que fecha as paredes da artéria.

Para evitar este problema, é indicada a prática de esportes e exercícios, assim como evitar vícios como o álcool e cigarro.

infarto 300x216 Infarto: Um Problema Que Pode Ser Evitado