Saiba Mais Sobre Dores nas Costas

Exercícios e esforços podem ocasionar – quando feitos de maneira errada – em dores nas costas. As dores, se não tratadas, podem comprometer seriamente sua saúde. Postura errada e movimentos precipitados estão entre os principais fatores que resultam na dor.

Todos estes erros prejudicam os músculos, desgasta as articulações e pode levar à degeneração dos discos invertebrais, culminando em hérnia de disco. Vamos dar algumas dicas para você que sofre, ou que quer prevenir este tipo de dor.

A coluna armazena traumas ao longo do tempo, sem apresentar sintomas. Quando a dor aparece, pode ser tarde demais.

Entre os métodos de tratamento estão a terapia manual, a RPG – reeducação postural global – manipulação articular, mobilização neural e outras técnicas. É preciso procurar ajuda médica, para assim definir o tratamento adequado.

Faça exercícios de alongamento antes e depois de suas atividades físicas. Para levantar cargas pesadas, dobre os joelhos e segure o objeto perto do corpo. Ao carregar malas e sacolas, utilize os braços bem esticados, junto ao corpo.

Por fim, dedique um período da semana para a prática de algum esporte ou exercício, o sedentarismo contribui para os problemas nas costas.
Costas Saiba Mais Sobre Dores nas Costas

Problema de Hérnia de Disco: Fisioterapia Como Solução Eficaz

A hérnia de disco é a proeminência da parte central do disco invertebral além dos limites normais. Acontece pela falta de ligamentos que sustentem o disco nessa região. Geralmente precedida por dores lombares, as rupturas irradiam-se na parte posterior do anel indo em direção às áreas em que as terminações nervosas descobertas estão localizadas.

Entre os sintomas mais frequentes estão os formigamentos (paresterias), geralmente com irradiações para os membros inferiores ou superiores. Entre os fatores que provocam a hérnia de disco estão a predisposição genética, o trabalho físico pesado, postura de trabalho estática, trabalho repetitivo, vibrações corporais e problemas psicológicos.

Dentre os tratamentos indicados, a fisioterapia ainda é o mais eficaz. Este procedimento visa diminuir a dor e o espasmo muscular, aumentando a mobilidade dos tecidos moles. Este procedimento torna mais fácil a mobilização das articulações, produzindo um efeito duradouro.

Aconselha-se que as pessoas que sofram deste problema não exagerem nos exercícios físicos, mas após boa recuperação, é indicado que uma atividade regular seja praticada. Outras experiências também são de grande benefício para quem sofre deste mal, o pilates desenvolve o corpo de forma uniforme, melhorando o condicionamento físico e mental com aparelhos e equipamentos.

A musculação também é indicada para manter a condição física após os tratamentos. Treinar a potência aeróbica, a força e flexibilidade, você pode controlar definitivamente este problema para que não volte a sofrer.

fisioterapia1 Problema de Hérnia de Disco: Fisioterapia Como Solução Eficaz