Creatina – Efeitos, Benefícios e Efeitos Colaterais.

Conhecida dos frequentadores assíduos das academias de todo o mundo, a creatina é uma substância composta de aminoácidos que não são gerados ou sintetizados em nosso organismo, mas ela é fabricada pelo nosso corpo, particularmente no pâncreas e no fígado. Os três aminoácidos formadores da creatina – a arginina, a metionina e a glicina – devem ser obtidos por meio da alimentação.

Creatina Funções

A creatina tem função importantíssima no transporte de nutrientes e oxigênio entre as células, já que age diretamente na mitocôndria, aumentando a capacidade das células de produzir energia e, consequentemente, dando maiores condições para a prática de exercícios pesados por muito mais tempo. Basicamente, a creatina faz com que a quantidade de água aumente na célula, aumentando também o volume das mesmas, a força dos músculos e sua rigidez, dando mais energia ao corpo.

Nos alimentos, a creatina pronta pode ser encontrada em algumas carnes e peixes ou derivados do leite e ovos. Mesmo assim, as quantidades ingeridas são ínfimas se comparadas a quantidade de creatina que o organismo de um atleta ativo precisa para manter o nível de performance exigido.

Creatina Efeitos

É importante lembrar que a ingestão de creatina ou qualquer composto por meio de suplementos alimentares sem que haja um objetivo claro de melhorar o desempenho nos exercícios é um completo erro, já que o excesso de creatina no organismo pode ocasionar problemas no sistema excretor (o que produz urina e elimina impurezas do organismo) e outros problemas de circulação sanguínea. Os atletas fazem o uso de creatina na forma de suplemento, pois, como já foi comprovado por estudos e inclusive pelo Ministério da Saúde, a creatina produzida pelo corpo não é suficiente para exercícios de alta performance por períodos grandes de tempo.

Ou seja, tomar suplementos à base de creatina, apenas por tomar, ou tendo a falsa ideia de que irá ganhar músculo sem fazer exercícios em conjunto com o consumo desta substância, pode levar você ao inverso de seu objetivo: sua saúde ficará debilitada e pode ser mais difícil alcançar seu objetivo no futuro.

Como Tomar

Especialistas aconselham os atletas a tomarem a creatina na forma de suplemento todos os dias, pois seu efeito não é imediato. Assim, a creatina que você toma hoje, não é a que fará efeito hoje. A cafeína, outra substância utilizada para este fim, é diferente: ela age praticamente imediatamente. Consumir cinco gramas por dose, quatro vezes ao dia, durante cinco dias seguidos e depois manter cinco gramas por dia durante o período que durar o pote, é o mais aconselhável. Porém é importante saber qual é a carga de exercícios que você possui e seu biótipo. Afinal, cada organismo reage de uma forma diferente a qualquer substância.

Antes ou Depois do Treino?

A dica é tomar a dose de creatina depois do treino, juntamente com outros suplementos, como whey protein e maltodextrina. Assim, é possível potencializar o efeito e manter-se sempre ativo. Mesmo com tantas dicas, é aconselhável procurar o auxílio de algum especialista no assunto ou um nutricionista: tomar suplementos sem supervisão pode ser um erro e prejudicar sua saúde!

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image