Escalada Indoor

escalada indoor

Para quem gosta de esportes radicais mas não tem tempo de viajar a todo momento para viver aventuras, a escalada indoor é uma boa opção. Um esporte que ganhou adeptos rapidamente no Brasil, a escalada indoor é extremamente divertida e benéfica para a saúde.

A escalada indoor é uma modalidade de exercícios que chegou às academias do Brasil há quase 20 anos, mas jamais perdeu seus admiradores. Ela consiste em subir numa parede de concreto com apoios para pés e mãos que vai de 5m a 25m de altura, dependendo da academia que for eleita para desenvolver a atividade.

Além da superação de limites, a escalada indoor promove uma queima calórica equivalente à uma hora de spinning, ou seja, aproximadamente 700 calorias. Os resultados na musculatura são percebidos com aproximadamente três meses de prática de escalada indoor, com redução de medidas e tonificação muscular.

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Por ser uma atividade que requer bastante atenção, a concentração do praticante é estimulada e melhorada, assim como a flexibilidade, a coordenação motora e a consciência corporal. A força é outra característica desenvolvida com a escalada indoor, já que em algumas modalidades não são utilizados equipamentos de segurança e o praticante é obrigado a recrutar seus músculos para manter a postura e o equilíbrio durante a escalada. Neste sentido, os músculos mais recrutados são os braços, pernas, peitoral e costas, responsáveis pela locomoção durante a subida. Contudo, o abdômen também trabalha fortemente, já que é a região do core que sustenta a postura.

De maneira geral o condicionamento físico do praticante de escalada indoor é melhorado, permitindo queima de gordura e tonificação muscular com um esporte diferente e desafiador. Sendo um esporte para qualquer pessoa, basta desejar superar desafios e criar coragem para enfrentar a escalada até o fim. Não importa se são 5m ou 25m, o que importa é a superação.