Intervalo Entre Os Exercícios

pausa entre séries

Todo treino de musculação vem acompanhado da quantidade de repetições e séries, além da famosa pausa entre séries. Mas por que parar?

A pausa entre séries de exercícios de resistência, como é o caso da musculação, serve para recuperar os músculos do esforço realizado, dando um novo fôlego para que você possa executar as próximas séries de maneira eficaz.

Quem faz todas as séries sem um intervalo pode estar treinando com uma carga inferior à sua capacidade ou pode desenvolver lesões bastante graves, por isso, pare!

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image

O intervalo entre séries influencia diretamente na liberação dos hormônios que promovem a recuperação muscular e, consequentemente, impacta no seu objetivo final. Estudos comprovaram que dependendo do tempo de pausa que você dá entre um treino e outro é possível estimular com mais intensidade a queima de gordura ou a hipertrofia. Com base nestes estudos, é possível entender a importância da pausa entre as séries do seu treino:

Pausa de 60 segundos – há maior liberação de GH, o hormônio do crescimento. O GH é responsável por promover uma maior queima de gordura.
Pausa de 90 segundos – há liberação equilibrada tanto de GH quanto de testosterona, portanto a queima de gordura e o crescimento muscular acontecem de forma igual.
Pausa de 120 segundos – há maior liberação de testosterona e, consequentemente, maior crescimento muscular.

Pausas menores que 60 segundos estimulam a hipertrofia por causarem mais lesões no músculo, forçando-o a uma recuperação mais intensa, no entanto, a propensão à fadiga muscular é também maior, o que pode levar o praticante de musculação à lesões graves. Dessa maneira, seguir as orientações de um profissional é imprescindível para que não haja nenhum tipo de problema com relação ao treino.

Os treinamentos em circuito, que quase não possuem intervalos, são realizados com pouca carga, visando ao condicionamento cardiorrespiratório e a perda de peso, por isso não podem ser comparados a um treino de musculação.