Jovens Devem Comer Comidas Menos Salgadas

Pesquisadores americanos afirmam que a redução de 3 gramas no consumo diário de sal na adolescência reduz significativamente (de 30 a 40%) o risco de doenças cardíacas e derrames na idade adulta.

Os adolescentes que  consomem menos sal também têm outros benefícios quando chegam aos 50 anos, como a redução de 7 a 12% nas doenças coronárias, de 8 a 15% na incidência de ataques cardíacos e de 5 a 8% na incidência de derrames, segundo dados apresentados pela reunião da Associação Americana do Coração, em Chicago.

Recomenda-se que o consumo diário de sódio seja limitado a 1,5 grama. Os salgadinhos, doces e guloseimas contribuem para que os jovens ultrapassem esta quantia diária.

Alimentos industrializados costumam conter muito sódio. Um saco de Doritos de queijo, por exemplo, tem 0,31 grama. A pizza é um dos piores vilões para o consumo excessivo de sal entre adolescentes, segundo o Centro Nacional de Estatísticas da Saúde.

Por isso, uma das recomendações é diminuir o consumo de sódio, ou alterar os produtos consumidos, como frituras e salgados por alimentos assados e com menos sal.

Sal

Cotação
Varejista
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image
Consultar Preço
Image